JUNTOS PARA UMA VIDA MELHOR

Cases Fohat – Energy Solutions

Veja o que já estamos fazendo em várias partes do planeta para transformar positivamente a vida das pessoas, a eficiência das empresas e a sobrevivência do planeta com energia limpa e renovável.

Governo do Paraná inicia projeto-piloto para modernizar sua matriz energética
tecpar living lab energia blockchain
CASE | TECPAR

Case: Governo do Paraná inicia projeto-piloto para modernizar sua matriz energética

 

Local: Curitiba, Paraná

Parceiros: Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), além das empresas Bley Energia, Landis Gyr, L8 Energia e Ribeira Energia.

Situação original: O Tecpar é o responsável pelo Programa Paranaense de Energias Renováveis (PPER), do Governo do Estado, cujo objetivo é modernizar e incluir fontes de energia renovável para diversificar a matriz energética estadual, hoje dividida em 46% petróleo, 19% cana, 14% hidráulica, 10% madeira, 9% gás natural e 2% carvão, conforme último relatório da Copel. No ranking de geração distribuída, o Paraná está na quinta colocação nacional com 59,4 MW de potência instalada de fonte fotovoltaica, atrás dos estados de Minas Gerais (241,9 MW), Rio Grande do Sul (189,7 MW), São Paulo (156,3 MW) e Mato Grosso (81,7 MW), segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica. Com base na responsabilidade de ativar o PPER, o Tecpar decidiu usar alguns de seus edifícios na sede em Curitiba como base de pesquisa e desenvolvimento de um projeto-piloto, englobando diferentes alternativas de geração e gestão de energia. Desta forma, pesquisadores, estudiosos e a sociedade poderão ver, na prática, como as soluções de inovação e know-how tecnológico paranaenses podem ser aplicados e testados. É o projeto Living Lab.


Solução Fohat:  A Fohat vai aplicar suas soluções de energy intelligence para integrar os ativos de geração de energia renovável de três prédios da sede do Tecpar/Campus CIC, em Curitiba, por meio da implementação de uma microgrid atrás do medidor (behind the meter). Cada prédio terá ativos de geração, dimensionados para a sua autossuficiência e geração de excedentes que energia. Esses excedentes serão transacionados com outros prédios do Tecpar que não são autossuficientes. Todo esse  controle e despacho da microgrid para a comercialização dos excedentes da energia produzida por cada prédio do projeto tem o objetivo de provar o conceito P2PTE (peer-to-peer transactive energy). Na primeira etapa do Living Lab, as empresas Ribeira Energia e L8 Energia são os fornecedores dos painéis solares que vão gerar energia solar. Na segunda fase do projeto, a Bley Energia será a empresa responsável pela instalação da unidade que gerará energia renovável a partir do biogás. A Landis Gyr, por sua vez, é a fornecedora dos medidores inteligentes (smart meters) que medirão o fluxo bidirecional da energia gerada e consumida por cada unidade. Por fim, a Fohat exerce o papel de integrar todo o sistema por meio da sua plataforma iGrid4Corp. A inovação está justamente na solução de energy inteligence que viabilizará a gestão e despacho eficientes dos ativos de Geração Distribuída, a fim de gerar excedentes de energia que serão comercializados com registro em blockchain.

Quer que a Fohat colabore também com o seu projeto?

Nós desenvolvemos soluções para vários segmentos de mercado, na esfera pública e privada e nas pontas de geração e acumulação, comercialização e consumo de energia limpa.

ENTRE EM CONTATO